sábado, 18 de setembro de 2010

Tiro de Laço


Tiro de laço é uma forma de competição a cavalo característica do Rio Grande do Sul. Nesta prova, o ginete tem o espaço de 100 metros para laçar um novilho que tenta fugir.

São importantes para o bom desempenho a qualidade da montaria bem como a habilidade do laçador.


Origem


Foi no município de Esmeralda na década de 50, que foi realizado o primeiro torneio de laço, em forma de competição e que deu origem aos atuais rodeios onde atualmente se realizam as provas de tiro de laço. É hoje uma das mais tradicionais provas campeiras.


Regras


A prova é realizada em uma raia de 100 metros, onde os ginetes devem laçar o novilho pelas guampas. Cada ginete tem cinco chances e as dez duplas com maior número de laçadas, volta a competir, dessa vez com duas oportunidades ABCCC. É uma prova considerada difícil pois os ginetes têm que ter muita força, concentração e domínio na hora de laçar, já que a laçada só é válida se for nas guampas do animal. Nesta competição não se avalia as qualidades do cavalo, e sim a aptidão do laçador.


Os Núcleos e ABCCC não se responsabilizam por eventuais acidentes que possam ocorrer durante a prova e no ato da inscrição os concorrentes assinarão uma ficha, isentando os promotores do concurso das responsabilidades apontadas anteriormente.


Fica proibido o uso dos seguintes recursos: martingala, rendilha e rédeas cruzadas por baixo do pescoço. Também o uso de peiteira, pescoceira ou similar como comando. Não será permitido o uso de tento ou barbante para prender a cola dos animais. É permitido o uso de gamarra e focinheira em couro.


Curiosidades da competição


• Os concorrentes, quando gaúchos, deverão apresentar-se devidamente pilchados e, quando de outros estados, obedecerá indumentária de sua região.


• Os laçadores somente poderão inscrever-se em Cavalos Crioulos confirmados (reprodutores, éguas e cavalos castrados), sendo obrigatório a apresentação do registro ou cópia autenticada.


• Retenção de rodilhas e laço rebentado invalidará a armada. Também ao concorrente que perder o chapéu ou qualquer objeto de uso campeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado por sua participação. Seu comentário será publicado em breve. Caso desejar comentar usando o Facebook, siga nossa página na rede!