A origem do grito do Sapucay

19 de out. de 2020

 

Quem é da fronteira gaúcha sabe o que é, mas talvez não conheça o nome. Aquele grito gaudério, de origem indígena, comum nas regiões da fronteira entre Brasil (Rio Grande do Sul), Argentina e Uruguai.

Hoje me ocorreu pesquisar sobre o grito característico do gaúcho, “índio véio”, quando toca o gado, comemora vitória numa carreira, manifesta empolgação, etc. E descobri que ele se chama Sapukay (Sapucaí ou Sapucai).

 


 

 

“Sapucay”, no dialeto mbya-guarani, proveniente da língua tupi, significa grito. O termo surgiu nas tribos guaranis, e os gritos simbolizavam emoções e momentos vividos pelos índios. Com o passar dos anos e a chegada dos jesuítas à região, o Sapucay foi tomando outras formas e outros significados.

Quando se grita o Sapukay uma veia ancestral indígena brota no peito de qualquer “guasca” e estoura em sua garganta. Confira algumas variações e diferentes utilizações do grito:

 

Sapucay de Comunicação: no campo, mulheres, homens e crianças utilizam diariamente para anunciar que o almoço está pronto, que alguém chegou ou que precisam de água, por exemplo. Cada família codifica os gritos.

 

Sapucay do condutor (o que mais me identifico, pois fazia e ouvia quando tocava gado na infância e adolescência): é estridente para reunir as tropas e, após, se utiliza um mais suave e contínuo para manter o gado unido.

 

Sapucay de Lazer: quando não tem apito o arbitro utiliza gritos sapucay.

 

Grito de triunfo: quando o triunfante celebra a vitória em um tiro de taba, uma carreira, briga de galos, etc.

 

Sapucay de Dor: um grito utilizado ao executar uma tarefa dolorosa ou sofrer um ferimento. O grito leva junto parte da dor, tornando-a mais suportável.

 

Sapucay de alegria: ocorre por várias razões; ouvir os acordes de um chamamé, ver um bom par de dança de sapateado, nascimento de uma criança, ver o corcovear de um potro, entre outras coisas.

 

Concurso de Sapucay: é aquele que pode ser visto em competições realizadas pelo rádio, televisão e apresentações.

Sapucay de Orientação: por exemplo, quando um grupo vai à caça a noite, a cavalo, e em um determinado momento se dispersam, usam o sapucay para não se separar demais e não perder a orientação.

Assovio Sapucay: quando não se sabe gritar o Sapucay, se assovia.

 

Sapucay de insulto: acontece antes de um Entrevero (briga) por razões pessoais ou como uma demonstração de desprezo por outra pessoa.


 Assista ao vídeo que mostra o legítimo grito do Sapucay:

 


 



APROCHEGUE E CONFIRA

0 comentários

Muito obrigado por sua participação. Seu comentário será publicado em breve. Publicamos nossos posts novos lá no Facebook - caso desejar deixar seu comentário por lá e seguir o blog, o Repórter Riograndense te espera!