Aprenda passo-a-passo como preparar o mate uruguaio

14 de jan. de 2020


O Mate ao estilo uruguaio é preparado utilizando, entre outros elementos, a erva-mate repousada.

O Uruguai, em si, não é um país produtor de erva-mate. Apesar do povo uruguaio ser grande consumidor de erva-mate, a maior parte do mate consumido pelo pequeno país vem do Brasil.

A bebida quente ao estilo uruguaio surgiu provavelmente a partir desse contexto. Durante longas viagens para o transporte da erva ao Uruguai, a mercadoria “envelhecia”.

Isso dava àquele produto, características diferentes da erva-mate que era consumida pelo brasileiro, que é mais fresca e esverdeada. A erva-mate padrão uruguaio é mais amarelada, com um sabor forte e marcante.


O diferencial da erva-mate uruguaia


Não demorou para que os uruguaios tirassem proveito do fato de consumirem o produto com idade mais avançada. Eles perceberam que as safras tinham variações ao longo do ano, e era mais madura nos meses de inverno.


Foto: Cultura do Uruguai


A planta da Ilex Paraguariensis é idealmente colhida nos meses de julho e setembro. Nesta época do ano, a planta está em processo de “adormecimento”. Isso faz com que galhos e folhas tenham menos seiva do que no verão.

Este processo faz com que a erva-mate de inverno possua sabor mais suave e agradável ao paladar. Além disso, o sabor característico da Ilex Paraguariensis é acentuado quando a planta é colhida na estação correta.


A erva-mate repousada


A erva-mate é então submetida a um processo de maturação, onde repousa por um período mínimo de 8 meses, em temperatura e umidade controladas. O resultado é uma erva de sabor amargo e suave. A coloração característica é dourada, com concentração predominante ou exclusiva de folhas (menos galhos).


Como preparar o mate uruguaio


A preparação do mate uruguaio é simples e muito parecida com a preparação do chimarrão ou a preparação do mate argentino. 

Para prepara-lo você irá precisar de:


- Cuia padrão uruguaio (ou coquinho)

- Bomba compatível com a cuia

- Erva-mate padrão uruguaio

- Água quente

- Cuia coquinho para Mate

- Bomba para Chimarrão

- Erva-mate para Chimarrão

- Garrafa térmica


Vamos ao passo-a-passo para preparar o mate uruguaio:


1 – Prepare a água

A temperatura do mate uruguaio é comparável com a temperatura da água do Chimarrão, estando ideal em 73ºC. É possível saber o ponto correto mesmo sem um termômetro, pois nessa temperatura começam a se forma pequenas bolhas no fundo a chaleira.

2 – Sirva a cuia com 1/2 do volume em erva-mate

Devido às características da própria erva, o mate uruguaio “incha” mais do que o chimarrão gaúcho. Portanto, servir com a metade do volume em erva-mate é o ideal.

3 – Prepare a parede de erva-mate para em seguida cevar o mate

Tapando a boca da cuia com uma das mãos, vire-a de lado e balance, de maneira que a erva se posicione de um dos lados. Em seguida, gosto de pressionar a erva compactando a parede para assegurar o não desmoronamento da parede.

4 – Sirva a primeira água (cevar o mate) com a temperatura morna

A primeira água em qualquer tipo de mate não deve ser quente (à temperatura que se toma) para evitar o choque térmico na erva. Como já mencionamos em outros Blog posts, esse choque inicial faria com que a erva alterasse algumas propriedades, causando amargor.

A primeira água no mate uruguaio tampouco pode ser à temperatura ambiente. Pelo fato de a erva ser uma pura-folha, a água fria, de menor densidade, faria com que parte da erva boiasse sobre a água, desfazendo assim a parede e provocando o desmoronamento logo na primeira servida.

Portanto, água morna é ideal. Faça uma mistura de água ambiente e água da chaleira em ½ a ½.

5 – Repouse a cuia e espere que a erva absorva a água

Logo após colocada a primeira água, repouse a cuia e espere que a erva-mate absorva a água. O tempo de espera é de 1 a 2 minutos. Quando isso acontecer, a “parede” de erva estará bastante estável e então será o momento correto para introduzir a bomba na cuia.

6 – Introduza a Bomba

Tapando o bico da bomba com o polegar, introduza-a na cuia e encontre uma posição estável para a mesma. Como o mate uruguaio possui uma granulometria maior que a do chimarrão, você pode utilizar o bojo da bomba para “ajeitar” a erva no fundo da cuia, ou a parede.

7 – Aproveite o seu mate

O mate já está pronto. Neste momento, você já pode servir a primeira água quente e saborear o seu mate.

Para garantir que a água está na temperatura correta, sugerimos que o cevador (pessoa que cevou o mate) tome a primeira cuia, e somente depois, passe adiante. Dessa maneira, você garante que nenhum dos seus amigos irá se queimar com o mate.

APROCHEGUE E CONFIRA

0 comentários

Muito obrigado por sua participação. Seu comentário será publicado em breve. Publicamos nossos posts novos lá no Facebook - caso desejar deixar seu comentário por lá e seguir o blog, o Repórter Riograndense te espera!