sábado, 18 de maio de 2013

Dicionário Gaúcho - Letra A

A

ABERTA, s. Clareira.
ABICHORNADO, adj. Aborrecido, triste, desanimado, vexado, envergonhado, acovardado, aniquilado, magoado, acabrunhado, macambúzio, abatido.
ABOLETAR-SE, v. Instalar-se. Ocupar, indevidamente, determinado lugar.
ABOMBADO, adj. Cansado e ofegante por efeito de trabalho em dia de calor.
ABRIR OS PANOS, expr. Fugir, ir embora, abrir-se.
ACALCANHADO, adj. Gasto pelo uso, acabado, envelhecido.
ACOLHERADO, adj. Unido o animal a outro pela colhera. || Andar uma pessoa acolherada com outra, significa andar uma pessoa sempre junto de outra.
ACOLHERAR, v. Unir dois animais por meio de uma pequena guasca amarrada ao pescoço.
AÇOUTA-CAVALO, s. Árvore da família das Tiliáceas.
ACROCAR, v. Acocorar-se, pôr-se de cócoras.
ACUAR, v. Acoar, latir, ladrar.
AFAMILHADO, adj. O mesmo que afamiliado.
AFAMILIADO, adj. Que tem família.
AFERVENTAR, v. Apressar, importunar.
AFICIONADO s. O que tem propensão e gosto para uma arte, jogo ou esporte.
AFIVELAR, v. Contratar, ajustar, firmar, acertar.
ÁFRICA, s. Façanha, proeza.
AFROXAR, v. Afrouxar. Fraquejar, entregar-se, dar-se por vencido.
AGACHADA, s. Arremetida, investida, repente, ataque brusco, alardeio, prosa, jactância, vanglória, astúcia, ardil, esperteza, remoque, façanha, proeza.
AGACHAR-SE, v. Começar, subitamente, a fazer alguma coisa. Dar início, principiar. Dispor-se. Lançar-se. Atirar-se. "A mula agachou-se a velhaquear".
AGALHAS, s. Velhacaria, trampolinice, parlapatice, fanfarrice.
AGREGADO, s. Pessoa pobre que se estabelece em terras alheias, com autorização do respectivo dono, sem pagar arrendamento, mas com determinadas obrigações.
AGUACHADO, adj. Diz-se do cavalo que, por ter permanecido solto no campo durante longo período de tempo, está muito gordo, pesado, barrigudo, impróprio para trabalho forçado imediato.
AGUADA, s. Lugar utilizado pelos animais para beberem água. Bebedouro.
AGUAPÉ, s. Planta aquática encontrada principalmente em água parada.
AGUAXADO, adj. O mesmo que aguachado.
AGÜENTAR O REPUXO, expr. Mostrar-se corajoso, enfrentar situação difícil, revidar um insulto.
AGÜENTE, s. Resistência física.
AJOUJO, s. Tira de couro cru com a qual se unem, dois a dois, pelos chifres, que são furados, nas extremidades, para esse fim, os bois da carreta ou do arado.
AJUTÓRIO, s. Prestação de ajuda a alguém para a realização de qualquer trabalho.
A LA CRIA expr. Ao Deus dará, à aventura. Foi-se a La cria, significa foi-se embora, foi-se ao deus-dará, caiu no mundo, foi-se de escapada, fugiu.
A LA FRESCA, interj. Exprime admiração, espanto, surpresa, descrença.
ALARIFAÇO, s. e adj. Aumentativo de alarife.
ALARIFAGEM, s. Ação de alarife. Qualidade do alarife. Proeza do alarife. Esperteza, velhacagem, trapaça.
ALARIFE s. e adj. Vivo esperto, finório, velhaco, perspicaz, atilado, desordeiro, venta furada, ventana, trapaceiro.
ALBARDÃO, s. Faixa de terra entre lagunas, banhados ou charcos. (Do esp.).
ALÇADO, adj. Diz-se do gado que vive no bravio, no campo ou no mato, esquivando-se ao custeio.
ALÇAR, v. Fazer com que o cavalo levante a cabeça, por ação das rédeas.
ALCATRA, s. Anca do boi ou da vaca; parte da rês constituída dos ossos da bacia acompanhados da respectiva carne.
ALCE, s. Folga trégua, descanso.
ALDRAGANTE, adj. Vagabundo, tratante.
ALIMAL, s. Deturpação de animal, de largo emprego entre os habitantes da campanha, e usado, principalmente, para significar o cavalo.
ALMA PENADA, s. Assombração.
ALVOROTAR-SE, v. Assustar-se, agitar-se.
AMADRINHAR, v. Exercer a função de amadrinhador. Acompanhar o domador, montado em cavalo manso, para evitar que o potro enverede por lugares perigosos. || Acostumar os cavalos ou os muares a se manterem juntos, acompanhando um cavalar, em geral uma égua mansa, denominada égua-madrinha, à qual se amarra um sincerro ao pescoço.
AMAGAR, v. Levar o cavaleiro o corpo para frente a fim de acompanhar o impulso do cavalo.
AMANONCIAR, v. Amansar um cavalo sem o montar. Domesticar um animal tirar-lhe as manhas, por meios brandos, sem o molestar. Fazer carinhos com as mãos nos potros que estão sendo domados a fim de tirar-lhes as cócegas.
AMANUNCIAR, v. O mesmo que amanonciar.
AMARGO s. Mate chimarrão, mate amargo, mate sem açúcar. É bebida usada em todo o Estado do Rio Grande do Sul.
AMARTILHAR, v. Emartilhar, engatilhar, martilhar.
AMBICIONEIRO adj. Ambicioso.
AMILHADO, adj. Diz-se do animal tratado com milho.
ANCA, s. Quarto traseiro dos quadrúpedes. Garupa do cavalo. O traseiro do vacum.
ANDANTE s. Viajante, transeunte.
ANGU, s. Pirão de farinha de milho. || Fig.: mexerico, intriga, confusão, barulho, arranca-rabo.
ANIMALADA, s. Tropa de animais cavalares.
ANSIM, adv. Corrupção de assim.
ANTA, s. adj. Pessoa interesseira, experta, fingida, falsa, mendaz, sabida, que de tudo procura tirar vantagens.
ANU, s. Nome de uma dança dos bailes campestres do Rio Grande do Sul. Nesta dança de, pois de feita a roda.
APADRINHAR, v. Acostumar um animal com outros. || Interceder por alguém.
APARTAR, v. Escolher, separar, animais que se encontram juntos e que terão destinos diferentes.
APEIAR, v. Apear, descer do cavalo, desmontar.
APERADO, adj. Ricamente ajaezado, encilhado com esmero (o cavalo). || Bem vestida, a pessoa.
APEROS, s. Arreios. Preparos necessários para encilhar o animal. As partes dos arreios que servem para o governo, segurança e ornamento do cavalo: rédeas, cabeçada, cabresto, buçal, peitoral, rabicho, maneia, etc. Preparos, jaez.
APERREADO, adj. Emagrecido, enfraquecido, enfezado, tristonho, acovardado, abatido, aborrecido, fatigado, triste, pensativo, enclenque.
APINHADO, s. Aglomeração, aglomerado, porção de coisas muito juntas.
APLASTADO, adj. Cansado, abatido, esmorecido, fatigado, desanimado. Diz-se do animal e, p. ext., das pessoas.
APLASTAR, v. Tornar aplastado. Tirar as forças. Cansar, abombar, abater, desanimar.
APLASTRADO, adj. Abombado, aplastado.
APOJO, s. O leite mais gordo extraído da vaca após a segunda apojadura.
APORREADO, s. e adj. Cavalo mal domado, indomável, que não se deixa amansar. Aplica-se também, p. ext., ao homem rebelde.
APORREAR, v. Domar o cavalo de modo incorreto, de forma a deixá-lo velhaco, cheio de manhas, ou rebelde ao ponto de não se deixar mais amansar.
APOTRAR-SE, v. Adquirir jeito de potro. Tornar-se o cavalo semelhante ao potro, por falta de custeio. || Por extensão, aplica-se às pessoas, com o significado de portar-se mal, tornar-se xucro, zangado, grosseiro.
APRUMAR-SE, v. Melhorar a sorte, de negócios, de saúde, de fortuna. Endireitar-se, arranjar-se. Pôr-se de pé.
APURADO, adl. Apressado, impaciente.
APURAR, v. Apressar, acelerar a marcha.
APURO, s. Pressa, azáfama.
AQUERENCIADO, adj. Diz-se do animal acostumado a viver em determinado lugar, ou em companhia de outros animais. || Também se aplica às pessoas.
ARISCO, adj. Diz-se do gado esquivo, xucro, assustado, que não se deixa apanhar facilmente.
ARMADA, s. Laçada corrediça que se faz com o laço quando se pretende atirá-lo para proteger a rês.
ARPISTA, adj. Ariso, desconfiado, prevenido, assustadiço. O mesmo que alpista.
ARRANCADA, s. Ato de arrancar. Saída violenta. Primeiro ímpeto. Movimento inesperado.
ARRANCHAMENTO, s. Rancho, choça, casebre, moradia de campo, com todas as suas dependências, como sejam, galpões, currais, mangueiras, lavouras, etc.
ARRANCO, s. Ato de o cavalo iniciar a carreira.
ARRASTO s. Transporte de toras de madeiras, em carreta, em zorra, ou de arrasto.
ARREGANHADO, adj. Diz do cavalo ou muar que, em tempo de calor intenso, depois de marcha muito forçada, tendo bebido pouca água, é atacado por uma espécie de espasmo, caracterizado pela contração dos maxilares e das narinas, o qual o impossibilita de continuar a viagem ou o trabalho em que estiver sendo utilizado.
ARREGANHAR, v. Ficar o cavalo, por excesso de serviço, por passar sem beber por longo tempo, em dias de calor intenso.
ARREGLADO, adj. Combinado, estabelecido, composto, ajustado, concertado, posto em ordem.
ARREGLAR, v. Combinar, estabelecer, ajustar.
ARREGLO, s. Ato de arreglar. Arranjo, combinação, ajuste de negócio (em geral não muito lícito). Trato, convênio, concessão num negócio.
ARREIOS, s. Conjunto de peças com que se arreia um cavalo para montar.
ARREMATAR, v.Dar o último toque, concluir, terminar. || Cansar, estafar.
ARRENDAR, v. Fazer o redomão odecer ao governo das rédeas, ainda com bocal, antes de usar o freio.
ARRIAR, v. Ceder por medo. Afrouxar.
ARRIBA, v. Favor. Viver de arriba é o mesmo que viver à custa de outrem, viver sem pagar, ter tudo de graça, de favor.
ARRINCONAR, v. Arrincoar, acampar, acantonar. O mesmo que enrinconar e rinconar.
ARROLHAR, v. Confundir, intimar o adversário, derrotá-lo antes de chegar às vias de fato. || Reunir animais em um grupo que ocupe uma espécie de circo pequeno ou roda.
ARROUCADO, adj. Enrouquecido.
ARUÁ adj. Apuava, puava, fuá. Diz-se do cavalo espantadiço, quebra indócil, desconfiado, que não se deixa apanhar facilmente. || Usa-se como substantivo para significar indivíduo brigão, valentão, puava.
ASPA, s. Chifre, corno, ponta, guampa.
ASPA-TORTA, s. Indivíduo turbulento, desordeiro, ventana, quebra, puava.
ASSINALAR, v. Praticar, na orelha ou nas orelhas de um animal, recortes determinados que permitam identificar seu proprietário.
ASSOLEADO, adj. Diz-se do animal cansado por ter andado muito no sol. Acovardado pela canícula. Meio abombado. Assonsado.
ASSUNTAR, v. Pensar, matutar, pesquisar, descobrir, escogitar, conversar, tentar negócio.
ATADO, adj. Indeciso, amarrado, sem iniciativa.
ATALHAR O CAMINHO, expr. Ir pelo caminho mais curto.
ATAR, v. O mesmo que amarrar. Ajustar, contratar, unir, vincular, conchavar, expor, redigir com nexo.
ATARANTAR-SE, v. Estontear-se, confundir-se.
ATILHAR, v. Prender com atilho.
ATIRAR O FREIO, expr. Estar o cavalo, quando montado e andando, alegre, escarceando, querendo ir para frente.
ATORAR, v. Cortar, torar. || Utilizar atalho para encurtar caminho.
ATROPELAR, v. Aligeirar, andar depressa, apressar, investir, enxotar.
AVEXAR-SE, v. Molestar, perseguir, envergonhar.
AVIOS, s. Conjunto de objetos indispensáveis para determinado fim.
AVIOS DE MATE, s. Objetos necessários para fazer ou tomar mate: cuia, bomba e erva.
AZONZADO, adj. Meio zonzo meio tonto, apalermado, abobalhado.
AZULEGO, adj. Diz-se do animal cavalar de pêlo oveiro, de pintas miudinhas brancas e pretas, que de longe parece azul. É um pêlo muito raro.




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado por sua participação. Seu comentário será publicado em breve. Caso desejar comentar usando o Facebook, siga nossa página na rede!